sábado, 11 de outubro de 2008

Virtualização

Olá pessoal, como prometi inicio (finalmente) uma série de posts sobre softwares de virtualização. Antes de iniciar com os "programas" achei melhor comentar um pouco sobre os conceitos e o que existe disponível atualmente.

A virtualização surgiu na década de 60, implementada em servidores IBM (mainframe) para disponibilizar terminais virtualizados (simulando hardware e software). Vi este tipo de solução na década de 80 rodando em alguns Bancos (como o Lloyds) em São Paulo. Nos PCs a coisa começou a aparecer realmente em meados dos anos 90. E ganhou mais força quando a Intel passou a incluir instruções especificas para a virtualização em processadores Pentium IV (tecnologia VT).

Para não complicar muito, virtualização basicamente é a capacidade de rodar numa mesma máquina física várias estações (ou servidores) lógicos, cada um como se fosse uma máquina independente, com sistema operacional, software instalado, configurações de rede, etc.

De uns cinco anos pra cá este tipo de tecnologia tem crescido muito, pois permite a empresas consolidarem servidores (reduzindo o número de máquinas físicas para serem administradas, facilitando backup, reduzindo custos e as vezes a própria equipe de TI também. Uma das vantagens da virtualização é maximizar o aproveitamento do hardware, uma vez que alguns testes mostram que a maior parte dos servidores utiliza somente de 5 a 10% do poder de processamento.

Atualmente o mercado de software para virtualização é dominado pela VMWare, uma empresa fundada em 1998 que praticamente criou este setor para plataforma x86. No entanto, com a entrada de empresas de peso como Microsoft, Citrix e Sun o cenário pode sofrer mudanças nos próximos meses.

Particularmente, tenho utilizado virtualização a uma década, ela me permite testar meus sistemas em diversas plataformas, realizar treinamentos, testar softwares de terceiros e outros sistemas operacionais sem afetar minhas máquinas de produção. De seis meses pra cá tenho utilizado virtualização para desenvolver sistemas para Windows e Palm OS usando meu Macbook rodando uma VM com Windows XP.

Nestes últimos anos tive contato com diversos softwares para virtualização e resolvi escrever sobre eles pois acredito que podem ser úteis para muitos de vocês. Ao relacioná-los tentarei citar as principais diferenças, dificuldades para instalação e configuração, indicação de uso e o que mais for pertinente. Basicamente estarei postanto sobre VMWare, Parallels, VirtualBox, VirtualPC e o novo Hiper-V do Windows Server 2008, Xen, QEmu entre outros.

Tentarei manter os posts regulares e no menor tempo possivel, mas não se surpreendam se ocorrerem alguns atrasos. Tenho tido muitos problemas com minha ADSL e a conexão 3G da Claro (que de banda larga só tem o nome) além de infelizmente um overwork constante.

Um comentário:

Rodrigo Merinoi disse...

Mas que post mais fantástico! Deu uma ideia do surgimento meio e o final com cada empresa de virtualização! Caraca meu teu blog esta cada dia melhor, continue este fantástico trabalho!